Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perhaps não são ervilhas!

Se tudo na vida fosse perfeito não havia talvez. E perhaps eram ervilhas...

Só o amor verdadeiro vê as senhoras da senhora...

por António, em 29.01.14


A marca Ravijour criou um sutiã que apenas abre caso a mulher sinta amor verdadeiro, e por amor verdadeiro entenda-se "aquele" ritmo cardiaco durante um certo período de tempo. Qual sensação de borboletas na barriga? Os japoneses dizem que quem manda é o coração e só ele é que sabe se deve abrir ou não o sutiã para as senhoras da senhora disfrutarem do verdadeiro amor.

Para além da magnificiência a todos os níveis desta publicidade, surgem-me certas questões...

Ora, se apenas e só o verdadeiro amor desbloqueia o sutiã, quer dizer que assim que a pessoa que o usar vai andar com ele até encontrar o amor verdadeiro? E tomar banho? E se as ditas crescem? E se nunca aparece o amor verdadeiro? E no caso de encontrar o mor verdadeiro e a relação entrar na rotina e o sutiã não abre, será que é motivo de divórvio?

A boa notícia - acredito que para estas senhoras também - é que ter o sutiã não é de todo um impedimento para o resto, dando assim razão ao mote "enquanto não encontrares o homem certo, diverte-te com o errado", neste caso, as senhoras tem uma ajuda extra, quem sabe o homem errado pode revelar-se o certo?

Por outro lado, a marca estará já a pensar em criar uma cueca que apenas baixa com a autorização expressa dos pais! (esta sim faria sucesso)

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.