Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perhaps não são ervilhas!

Se tudo na vida fosse perfeito não havia talvez. E perhaps eram ervilhas...

O Síndrome dos 20 e tal!

por António, em 18.09.16

 

Ao 20 e tal, logo depois do fim da faculdade, começas a dar conta de que círculo de amigos é menor do que há alguns anos. Dás conta de que é cada vez mais difícil vê-los e organizar horários por diferentes questões: trabalho, estudo, namorado(a), etc. E cada vez desfrutas mais dessa "cervejinha" que serve como desculpa para conversar um pouco. Já nem as multidões não são ‘tão divertidas’, às vezes até incomodam.

Mas começas a dar conta de que enquanto alguns eram verdadeiros amigos, outros não eram tão assim especiais!
Começas a perceber que algumas pessoas são egoístas e que, talvez, esses amigos que acreditavas serem próximos não são exatamente as melhores pessoas.

Ris com mais vontade, mas choras com menos lágrimas e mais dor! Partem-te o coração e perguntas como é que essa pessoa que amaste tanto te conseguiu fazer tanto mal. Parece que todos os que conheces já estão a namorar há anos e alguns começam a casar, e isso assusta  (MUITO!!!)!

Sair três vezes por semana deixa-te esgotado, (quando conseguias fazer uma maratona semanal) e significa muito dinheiro para o pequeno salário. Olhas para o teu trabalho e, talvez, não estejas nem perto daquilo que pensavas estar a fazer. Ou, talvez, estejas à procura de algum trabalho e pensas que tens que começar de baixo e isso dá medo.

Passas os dias a tentar entender o que queres e o que não queres. As tuas opiniões tornam-se mais fortes. Vês o que os outros fazem e encontraste a julgar um pouco mais do que o normal, porque, de repente, tens um certo modo de ver a vida e adicionas mais e mais coisas à lista do que é aceitável e do que não é. Às vezes sentes que és genial e invencível, outras… Apenas com medo e confuso.

De repente, tratas de te obstinar ao passado, mas dás conta de que o passado se distancia mais e que não há outra opção a não ser continuar avançando. A preocupação é com o futuro, empréstimos, dinheiro… E com construir uma vida. E quanto ganhar uma carreira seria grandioso, ao invés de estar a competir nela e por ela.

Todos nós, que temos ‘vinte e tal’ gostaríamos de voltar à adolescência algumas vezes e refazer tudo, ou quase tudo. Parece ser um lugar instável, um caminho de passagem, uma total confusão na cabeça…

Mas TODOS dizem que é a melhor época das nossas vidas e não temos que deixar de aproveitá-la por causa dos nossos medos… Dizem que estes tempos são o cimento do nosso futuro. Parece ainda ontem que tínhamos 16 e a única preocupação era conseguir roubar aquele "primeiro beijo"…

Mas não podemos ficar parados no passado, porque amanhã teremos 30... Assim tão rápido?!?!

 

 

(Uma adaptação própria de um texto encontrado algures por aí.)

A imagem do euro!

por António, em 11.07.16

De qualquer imagem que tenha sido partilhada na vitória de Portugal neste europeu nenhuma mostra tanto o patriotismo como a fotografia da Àgata.

20160711_200409.png

É isto minha gente! Viva Portugal!

Ausências parte #3057

por António, em 06.07.16

Eu sei que não ando muito activo por estas partes, mas continuo a ler todos os blogs. Promento tentar passar por cá mais regularmente, mas não tem sido mesmo possível arranjar algum tempo para escrever! 

Aquele momento...

por António, em 06.04.16

...em que me apercebo que esta juventude caminha a passos largos para a decadência!

 

Estou eu muito bem a trabalhar, como sempre (e aproveito para com isso justificar a minha ausência) e no meio de uma conversa de "jovens" (não sei o que considerar pessoas com uns 15/16 anos) ouvem-se coisas tipo:

- A namorada do gajo que eu gosto anda a pôr gosto nas minhas fotos do facebook, ganho gostos e como-lhe o namorado à mesma, é só win win!

E pronto, é neste mundo que vivemos, o namorado da outra vale tanto quanto os gostos do facebook!

Olha, fui recortado!

por António, em 28.02.16

 

Captura de ecrã 2016-02-28, às 17.35.34.png

 

 

 

Um balanço de 2015!

por António, em 26.11.15

Agora que o ano está a chegar ao fim. Lembram-se de quando defini alguns objectivos para 2015? Claro que não, mas não interessa porque estão aqui

 

E o que fiz em 2015 foi:

✓ 1. Recomeçar e manter a dieta (para não voltar a engordar).  

Mantive a dieta quase o ano inteiro, agora estou mais descuidado mas continuo a não engordar... Lé se foram 15 kg! 

✓ 2. Exercício físico diário (para definir).

Estive até Julho no ginásio, depois, por motivos de força maior tive de abandonar, mas vou voltar...

✓ 3. Procurar trabalho na área (ou um melhor remunerado).

Apesar de estar marcado não foi um objectivo totalmente cumprido, troquei de trabalho porque abri um negócio, à partida será um trabalho com melhores possibilidades de boa remuneração!

4. Comprar (e ler) os livros que me faltam de Game of thrones e José Rodrigues dos Santos.

De Game of thrones não comprei mais nenhum, do José Rodrigues dos Santos comprei e li. Só me falta o último que é recente!

✓ 5. Fazer a 1ª tatuagem.

Done! Agora faltam mais algumas!

✓ 6. Fazer uma viagem (de avião).

Acabei de cumprir este ainda este mês. Andar de avião não é propriamente uma coisa extraordinária, mas pronto. Ah, sim, fui a Londres.

7. Começar a escrever um livro!

Pois, ainda não. Perdi tudo o que tinha no computador, inclusive alguns rascunhos... Mas ainda vou a tempo!

Mais um desafio!

por António, em 22.09.15

A Ana desafiou-me para a tag "completa a frase", ou seja, quer saber umas quantas coisas sobre mim...e como eu sou boa pessoa, aqui vai!

Sou muito: perfeccionista!

Não suporto: cenas de ciúmes e melosices!

Eu nunca: (eu nunca...bons tempos) andei de avião!

Já me zanguei: por tanta coisa...

Quando era criança: era tudo tão mais fácil!

Neste exacto momento: estou sentado na esplanada do meu próprio bar!

Morro de medo: de não conseguir atingir os meus objectivos.

Sempre gostei: de ler...

Se eu pudesse: criava uma fundação que apoiasse novos e jovens autores e promovesse a leitura.

Adoro: Dormirrrrr...

Fico feliz quando: chego à cama depois de um bom dia!

Se pudesse voltar no tempo: não voltava. Tudo o que fiz ajudou - me a ser quem sou, e orgulho - me da pessoa que sou.

Quero viajar para: quase todo o mundo!

Eu preciso: de muito dinheiro!

Não gosto de ver: novelas!

 

 

A minha ausência é explicável....

por António, em 13.08.15

Já lá vai algum tempo desde que escrevi alguma coisa aqui, mas entretanto muita coisa se passou e tudo isso me afastou um pouco da vida virtual e social. Passo a explicar:

Vim para Lisboa à procura de trabalho na minha área (comunicação, jornalismo), entretanto acabei a trabalhar num bar à noite. Até aqui nada de novo... Entretanto surgiu um convite para fazer parte de um projecto para abrir um espaço. Bem, aceitei e neste momento tenho uma empresa e um pequeno bar (um daqueles quiosques que se vê muito por Lisboa). Como isto é tudo novo para mim tratar de todas as burocracias não foi tarefa fácil e isso manteve-me afastado de tudo, ou quase tudo. 

Agora as coisas estão a acalmar, lentamente vou-me embrenhando mais no mundo dos negócios e percebendo melhor as coisas. Agora é só descobrirem-me e visitarem! ;)

Com este calor...

por António, em 27.05.15

...nem dá vontade de pensar no que escrever por aqui! E depois é isto:

 

Outro desafio!

por António, em 23.05.15

Fui nomeado pelo Fábio para descobrir se conheço o meu blog!

 

1. Há quanto tempo tens o blog?

1 ano e 4 meses. Acho eu!

 

2. Em que dia o teu blog foi criado?

Confesso que não tinha a certeza, sabia que tinha sido nos últimos dias de janeiro, mas fui espreitar! Dia 25 de Janeiro! :D

 

3. Sem ires ao painel, quantas visualizações já tens, aproximadamente?

Não tenho a mais pálida ideia. Mas lembro-me que algures em Outubro tive um post com mais de 2000 visualizações! Umas 10.000, arriscaria eu!

 

4. Sem ires ao painel, quantos comentários tens, aproximadamente?

Mais de 600 e menos de 800...  nem ideia!

 

5. Quantas publicações tens?

Já posso ir ao painel ver esta? Então são 163, contando com esta! 

 

6. Quantos seguidores tens?

Demorou mas encontrei. São 56 as extraordinárias pessoas que se põe a ler a parvoíce que eu escrevo!

 

7. Quem mais sabe da existência do blog?

Algumas pessoas, mas descobriram sozinhas. Gosto das coisas privadas!

 

8. Já pediste conselhos a outro blogger?

Claro! À Joana, mas depois tive de a levar ao Marquês a festejar o Bicampeonato do Benfica (eu tinha de falar no Benfica!)...

 

9. Lembras-te perfeitamente de todos os layouts que o teu blog teve?

Pufff... Claro! Este e o anterior...

 

10. Que opinião achas que as pessoas tem do teu blog?

Tenho medo de saber!